Com o objectivo de incentivar os jovens estudantes, professores, recém-licenciados e criativos à investigação e ao aprofundamento dos estudos visando o desenvolvimento da Região Administrativa Especial de Macau – nos sectores estratégicos da economia e da diversificação, do património e da identidade, das ciências aplicadas, e História de Macau – decidiu o IIM, com o apoio da Fundação Macau, alargar o âmbito do “Prémio Jovem Investigador”, que vinha atribuindo desde 2001.

O alargamento das áreas temáticas é justificado não só com a necessidade de adequação à mais recente evolução social, económica e educativa da RAEM, mas também com o estímulo de mais participação, das novas gerações, na construção de um futuro comum, num momento em que se diversificou fortemente o leque de intervenção e oportunidades e se assistiu ao crescimento e expansão do ensino.

 

São as seguintes, as áreas contempladas, para 2020:

1. Ciências Sociais;
2. Ciências Aplicadas

 

Descarregamento de Regulamento e Ficha de Inscrição online:

Regulamento

Ficha de Inscrição

Vídeo promocional

 

PJI 2020 cartaz

Em cooperação com as medidas do governo da RAEM, o IIM encontra-se a retomar os serviços básicos.

Para mais informações, pode contactar-nos: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. / +853 28751727

AVISO NOTICE 

 

Em conjugação com a exposição “Rostos Femininos de Macau”, inaugurado no dia 19 de Dezembro de 2019, realizou-se ontem, dia 13 de Janeiro, um encontro informal entre o autor dos retratos, João Palla Martins, e os alunos do Departamento de Português e do Centro de Investigação para Estudos Luso-Asiáticos da Universidade de Macau.

Este encontro proporcionou aos alunos presentes, sob a organização e orientação de Mário Pinharanda Nunes e de José Lino Pascoal, uma diferente perspectiva para os estudos e investigação dos descendentes portugueses na Ásia, em regiões e países como Macau, Hong Kong, Birmânia, Malaca, Sri Lanka, Indonésia, etc., através das fotografias retratadas pelo autor da exposição.

Durante a apresentação, foi igualmente divulgado o trabalho de João Palla Martins, inserido neste importante projecto dos rostos Luso-Asiáticos, e o trabalho na arquitectura, sua área profissional. Houve ainda lugar para uma breve apresentação sobre o tema “Macaense”, pelo representante do IIM, António Monteiro, interligando este projecto de João Palla Martins com os elementos caracterizadores da comunidade macaense, um breve trabalho e apontamento incluído na edição, publicada pela Universidade Católica Portuguesa, “O Macaense – Identidade, Cultura e Quotidiano”.

No final das apresentações, os alunos trocaram impressões com o autor da exposição, com a mostra na Galeria E1 da Universidade de Macau, até ao dia 16 de Janeiro deste ano.
 
82303824 2990844964299684 6235940721610719232 o

Decorreu no dia 21 de Janeiro, no Instituto Internacional de Macau (IIM), a cerimónia de entrega do Prémio Jovem Investigador 2019, das áreas de Economia e Gestão e de Património, Turismo e Identidade de Macau.

O prémio tem por objectivo incentivar jovens estudantes, académicos, recém-licenciados e criativos a investigarem e a aprofundarem estudos sobre aspectos do desenvolvimento da Região Administrativa Especial de Macau, essencialmente nos sectores estratégicos da economia e sua diversificação, do turismo, património e identidade, das ciências aplicadas, e das ciências sociais. Apoiado pela Fundação Macau, este galardão é constituído por um diploma e um prémio monetário de vinte cinco mil patacas, tendo sido atribuído desde 2001, e pretende estimular uma maior participação das novas geracões, para diversificar a intervenção social, criar oportunidades e expandir o âmbito do conhecimento.

Em relação ao ano transacto, através de concurso realizado e após avaliação dos júris nomeados, foram premiados Iao Man Chon, na área da Economia e Gestão, com um trabalho sob o tema “Cash Cow or Mad Cow? Macroeconomic Impact of the Booming Gaming Sector in Macau”; e Tang Chi Fong, na área de Património, Turismo ou Identidade de Macau, com um trabalho intitulado “Research on Sustainable Activation and Regeneration of Historic Cities - A Case Study of Macao Peninsula”.

O concurso de 2019 foi muito concorrido tendo sido recebido um total de dezanove trabalhos que foram analisados por três professores universitários, a Dra. Fanny Vong, o Dr. Sharif Shams Imon, ambos do Instituto de Formação Turística, e a Profa. Rose Neng Lai, da Universidade de Macau.

A cerimónia contou ainda com a presença de Lai Iok In, representante da Direcção dos Serviços de Educação e Juventude, e de Chan Chou Veng, representante da Direcção dos Serviços de Economia.

PJI 1 2019

PJI 2 2019

PJI 3 2019

82594770 2991152010935646 572056701428039680 o

Na defesa intransigente da singularidade de Macau e no intuito de reforçar o sentimento de pertença entre os concidadãos, particularmente da camada jovem, e de promover um conceito de identidade radicado nos valores culturais e históricos de Macau, o Instituto Internacional de Macau lança o presente regulamento que serve de regra ao concurso de fotografias:
A MACAU QUE EU MAIS AMO!

Este Concurso destina-se a estimular o conhecimento da população, especialmente entre os jovens, das riquezas patrimoniais de Macau e das tradições que enformam a cultura de Macau.

O Concurso deve retratar aspectos de Macau com os quais o autor culturalmente se identifica e mais estima, designadamente monumentos históricos, edifícios; manifestações de natureza cultural (conferir lista do património imaterial); hábitos, costumes e crenças; eventos turísticos, festividades populares, tradicionais e religiosas das culturas chinesa, portuguesa e macaense; etc.

 

PRAZO DE SUBMISSÃO DAS FOTOGRAFIAS: 28 DE AGOSTO DE 2020

DESCARREGAR Regulamento

DESCARREGAR Boletim de Inscrição

VÍDEO PROMOCIONAL

 

Cartaz 2020

Calendário de Eventos

<<  <  Março 2020  >  >>
 Seg  Ter  Qua  Qui  Sex  Sáb  Dom 
        1
  2  3  4  5  6  7  8
  9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031